Arquivos da categoria: Saúde

Saúde é coisa séria. Por isso, reservamos um espaço todo especial que reúne diversas matérias, dicas e cuidados para uma vida longa, sadia e ainda mais bonita.

q48

Treinamento – Queima de 48 Horas

Muitas pessoas reclamam que os exercícios aeróbicos tradicionais como a esteira ou a bicicleta são monótonos e costumam tomar muito tempo do dia.

Porém, a etapa da queima de gordura é muito importante porque esta é a base para iniciar o processo de emagrecimento e definição do abdômen.

Se você odeia estas atividades, uma maneira mais eficaz para queimar gordura e, ao mesmo tempo, fortalecer o músculo abdominal é realizar exercícios de alto impacto que estimulam o corpo de maneira intensa em poucos minutos.

É nesta fase que se diferencia os amadores dos profissionais.

Enquanto os amadores se esforçam da maneira incorreta e tem menos resultados, os profissionais seguem uma rotina exata para este objetivo e conseguem definir o abdômen de maneira mais efetiva.

 

Treinamento – Queima de 48 horas:

Vinicius Possebon

Há diversos materiais gratuitos (entre sites e vídeos) disponíveis na internet que mostram alguns exercícios físicos, mas todos eles fazem parte de um treinamento básico e padrão sugerido para iniciantes em qualquer academia.

Isto significa que os seus resultados serão apenas medianos, além da possibilidade de se lesionar sem a orientação de um profissional.

Se você quer ter resultados acelerados e acima da média, siga as orientações mais avançadas fornecidas pelo personal trainer Vinícius Possebon em seu treinamento chamado Queima de 48 horas.

Este é um curso específico para pessoas que não gostam ou não tem tempo de ir à academia. O Vinícius ensina passo a passo toda a rotina necessária para queimar muito mais gordura do que os exercícios convencionais, tudo isso embasado em estudos científicos internacionais.

Diversas pesquisas comprovam que exercícios de curta duração e alta intensidade estimulam a queima de gordura em um nível mais elevado, além de prolongar a reação no organismo por até 48 horas. Isto significa que o seu corpo continuará reagindo aos exercícios mesmo que não esteja em atividade.

Ele revela os mitos que existem no processo de emagrecimento, os exercícios que você deve fazer do básico ao avançado e muitos “truques” que você pode aplicar em casa para ter resultados em pouquíssimo tempo.

Q48

Para mais informações, clique aqui e acesse a página oficial do treinamento!

 

Depoimento que recebi:

O próprio Vinícius já postou diversos vídeos com depoimentos de alunos que fizeram o programa e atingiram ótimos resultados. O curioso é que 99% das pessoas desconfiam no início, mas depois que realmente realizam os exercícios e seguem as orientações dele, TODOS voltam para agradecer e mostrar os resultados.

Há 2 dias, recebi um email de uma assinante do site (escondi o nome por questões de privacidade) e tive que repassar ao Vinícius porque fiquei impressionado com o relato. Leia abaixo:

Testemunho do Q48

 

Avaliação de consumidores:

Avaliacao de consumidores Q48

A nota máxima é 5, ou seja, a maioria dos consumidores está totalmente satisfeita com o programa de emagrecimento intensivo criado pelo Vinícius.

Caso você se torne um(a) aluno(a) do programa, também poderá deixar a sua nota dentro do sistema!

 

Pagamento facilitado:

Clique aqui para ir à página exclusiva com o pagamento facilitado em até 12x no cartão!

Outubro Rosa – Saiba mais sobre o câncer de mama

Estamos em outubro e neste mês é feita a campanha Outubro Rosa que visa conscientizar as mulheres sobre a importância de se cuidarem e de fazer o autoexame a fim de prevenir e tratar com antecedência o câncer de mama.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, a OMS, o câncer de mama é o tipo de câncer que mais acomete as mulheres no mundo inteiro. Só para termos ideia disso em números, são 1,38 milhões de novos casos e 458 mil mortes por ano por causa da doença.

Nós do Beleza do Dia, por sermos comprometidos com a autoestima, saúde e bem-estar feminino, não poderíamos deixar de demonstrar o nosso apoio a essa campanha. Por isso, deixamos aqui um post informativo que vai te acrescentar maiores esclarecimentos sobre essa doença que é responsável por tantas mortes.

outubro-rosa1-628x510

Fatores de risco – Pessoas com maior probabilidade de desenvolver a doença

  1. Histórico de câncer de mama ou de ovário na família.
  2. Mulheres com idade entre 40 e 69 anos.
  3. Mulheres que tiveram menstruação precoce, com 9 ou 10 anos mais ou menos. A relação desse tipo de câncer com a menstruação se deve ao fato de que quanto mais tempo o organismo ficar exposto ao estrogênio, maior chances ele tem de desenvolver a doença. A grosso modo, a partir do momento em que a mulher menstrua, ela começa a desenvolver o hormônio estrogênio. Esse hormônio em produção excessiva pode ocasionar o tumor. Se a mulher menstruou precocemente, significa que os ovários intensificaram a produção de estrogênio e que o organismo ficará mais tempo exposto a ele durante a vida. Por isso, há maior chances de desenvolver o câncer.
  4. Menopausa tardia. A explicação aqui é a mesma da anterior. Enquanto a menstruação não cessa de vez, os ovários não param de produzir o estrogênio e isso significa que o organismo ficará exposto a esse hormônio por mais tempo.
  5. Reposição hormonal. Muitas mulheres na menopausa recorrem a esse tipo de “tratamento” a fim de minimizar os efeitos dessa fase. Nesse caso, essas mulheres ficam mais sensíveis a ação do estrogênio podendo desenvolver a doença.
  6. Colesterol alto.
  7. Obesidade.
  8. Ausência de gravidez. Mulheres que tem filhos e amamentam, estimula seu organismo a produzir leite e com isso, diminui a quantidade de hormônios, como o estrogênio, em sua corrente sanguínea. Por isso, quem nunca teve filho tem maior probabilidade de desenvolver a doença.
  9. Lesões de risco. Quem já teve alguma alteração na mama, até alterações benignas ou não relacionadas ao câncer, devem ser acompanhadas com atenção.

Sintomas do câncer de mama

  • Vermelhidão na pele da mama.
  • Alteração no formato dos mamilos e das mamas.
  • Nódulo nas axilas.
  • Secreção de cor escura saindo do mamilo.
  • Pele enrugada.
  • Feridas nos mamilos (em estágio avançado).

cancer-de-mama1

Estágios da doença

  • Estágio 0: nesse estágio as células cancerosas ainda se encontram contidas e, por isso, é quase sempre possível a cura.
  • Estágio 1: nesse estágio o tumor mede menos 2 cm e ainda não acometeu as glândulas linfáticas da axila.
  • Estágio 3: o nódulo já chega a mais de 5 cm e pode afetar os músculos e peles mais próximas, inclusive as glândulas linfáticas da axila. No entanto, nesse estágio não há indícios que o tumor tenha se espalhado pelo corpo.
  • Estágio 4: nesse estágio, o tumor já alcança maior proporção e geralmente já há comprometimento das glândulas linfáticas.

Infelizmente, aqui no Brasil as estatísticas mostram que a maioria dos casos são diagnosticados nos estágios 3 e 4.

Chances de cura

Câncer de mama diagnosticado nos estágios 0 e 1 chegam a ter 90% de chances de cura. Já os diagnosticados nos estágios 3 e 4 têm 30 a 40% de cura total. No entanto, médicos dizem que é necessário persistência no tratamento, pois até mesmo cânceres em estágios avançados podem responder bem ao tratamento, podendo ser operados e retirados completamente.

Prevenção

  1. Exercícios físicos. A adoção de hábitos saudáveis como alimentação adequada e a prática de exercícios físicos diminuem muito os riscos de se desenvolver a doença. A atividade física diminui os níveis de estrogênio, que é o hormônio relacionado a doença e, além disso, diminui o estresse e ajuda no controle do peso, que também são fatores de risco.
  2. Amamentação. Amamentar estimula as glândulas mamárias e diminui os níveis de estrogênio e outros hormônios na corrente sanguínea, minimizando, assim, os riscos de se ter a doença.
  3. Mamografia. A mamografia deve ser feita anualmente por mulheres a partir de 50 anos. No entanto, quem tem histórico de câncer na família, deve fazer 10 anos antes do caso mais precoce. Ou seja, se uma parente teve câncer aos 40 anos, e se essa parente foi a pessoa mais jovem a desenvolver a doença, é necessário que se faça a mamografia anualmente a partir dos 30 anos de idade.
  4. Autoexame. Faça uma vez por mês durante o banho com a pele ensaboada ou molhada. Apalpe todo o seio com os dedos. Faça também deitada. Veja a ilustração a seguir.

auto-exame

Caso você encontre alguma anormalidade como alteração na pele, no tamanho, nos mamilos… qualquer anormalidade, procure imediatamente um serviço de saúde. Faça um exame, converse com seu médico para que, se for o caso, inicie-se o tratamento o mais breve possível. Quanto mais cedo, melhor.

Muitas informações eu tirei do artigo do Minha Vida. Lá há outras informações mais técnicas e aprofundadas sobre o assunto. Vale muito a pena conferir.

Espero muito que seja útil este artigo. Indique-o para suas amigas e familiares, apenas esta ação pode salvar a vida de muitas mulheres.

Beijos e até a próxima! ♥

 

 

Óleo de coco: 10 benefícios e como usar

Muito se tem falado sobre ele e em seus benefícios. Tudo isso porque, recentemente, um grupo de pesquisadores da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos descobriram que a principal contribuição do óleo de coco é favorecer a perda de peso. Nada mal, certo? Mas vamos ver as 10 vantagens que essa substância nos oferece.

Os 10 maiores benefícios do óleo de coco

1. Perda de peso – A nutricionista Adriana Castro, da clínica Club Corpus explica que o auxílio na perda dos centímetros a mais se dá por conta de o óleo de coco gerar calor, queimar as calorias e acelerar o metabolismo.

2 . Diminuição do mau colesterol (LDL) – O óleo de coco é capaz de diminuir o mau colesterol e ainda aumentar o bom, o HDL. “O óleo faz uma espécie de limpeza da gordura do sangue”, afirma Christine Erika Vogel que é nutricionista e pesquisadora da UFRJ.

3. Proteção contra o envelhecimento precoce – Combate os radicais livres causadores do envelhecimento.

4. Aumenta a resistência imunológica – Quando consumido regularmente, o óleo de coco eleva a absorção dos nutrientes, elevando também as defesas do organismo. Entre suas propriedades, encontram-se vitaminas, minerais, ácidos graxos essenciais e ácido láurico que é a mesma substância encontrada no leite materno, entre outros componentes.

5. Combate fungos – Especialistas afirmam que o óleo também combate fungos como a cândida, e parasitas, como a giárdia.

6. Controla o diabetes – Como ele não estimula a liberação de insulina, torna-se um grande ajudador no controle desta no sangue.

7 . Controla a função intestinal – Talvez por acelerar o metabolismo, seu controle sobre o funcionamento intestinal se dá de forma bem efetiva, inclusive nos casos de  prisão de ventre e diarreia.

8. Diminui o cansaço – Se ingerido regularmente.

9 . Controla a fome – Como ele ajuda a regularizar todo o funcionamento do metabolismo, a sensação de fome também é regulada.

10. Favorece o bom funcionamento da tireoide – Ele evita alterações na tireoide, evitando, com isso, o desequilíbrio do metabolismo.

Outras vantagens

Como se não bastassem esses 10 benefícios espetaculares, há pesquisadores que indicam ainda outros 3 benefícios. Veja:

1. Mantem os ossos fortes – Prevenindo-os da osteopenia e osteoporose.

2. Protege o fígado dos efeitos tóxicos do álcool – Diminuindo os sintomas da ressaca.

3. Protege contra o câncer de mama e de doenças neurodegenerativas – Graças aos fitormônios (kinetina e trans-zeatina) presentes no óleo.

No entanto, os pesquisadores avisam que as pesquisas que confirmariam essas outras 3 vantagens do óleo de coco não terminaram. Mas, ao que tudo indica, seus benefícios vão além do que conseguimos/conseguiremos listar.

Como usar ?

Óleo de coco para emagrecimento

1. O óleo de coco virgem tem sabor agradável e pode ser consumido puro ou adicionado a iogurtes, vitaminas, sucos, no tempero de saladas, em receitas de bolo e etc.

2. Para quem quer emagrecer, o ideal é consumir durante o dia 4 colheres do óleo. No entanto, a nutricionista Adriana Castro faz ponderações: “Quem segue dietas com restrição de gorduras deve começar com uma dose de meia colher de sopa ao dia e aumentar o consumo gradualmente”. Ela afirma ainda que é necessário o consumo diário para se observar os resultados, pois o óleo de coco é um complemento alimentar, não um medicamento.

3. Por não alterar o sabor dos alimentos, o óleo de coco pode ser usado na preparação de alimentos em substituição ao óleo de cozinha. O óleo de coco adicionado a alimentos, seja como complemento ou na preparação deles, diminui o índice glicêmico, tornando o prato mais saudável.

Onde encontrar?

Em lojas de produtos naturais, já encontramos à venda. Na internet também, pode-se encontrar diversas opções como Slim Coconut Oil Líquido de 200 ml da BodyBuilders que custa cerca de R$ 36.

Há no mercado opções de óleo de coco em cápsulas. Contudo, há alguns nutricionistas que dizem que estes precisam ser submetidos à pesquisas, a fim de confirmarem sua ação benéfica. Na dúvida, o melhor é consumir o óleo mesmo em vez das cápsulas.

Produtos naturais para emagrecer

Perder peso é com certeza o sonho da maioria das pessoas, pois  como podemos perceber, atualmente, a alimentação do brasileiro está muito irregular e devido aos belos pratos, as pessoas acabam não conseguindo resistir à tentação. Porém quando acontece o aumento de peso, isso se torna um grande problema, pois ganhar peso é algo muito simples, mas perder peso é algo bastante complicado que além de ajuda, também requer alguns cuidados e muito empenho por parte da pessoa.

Produtos Naturais – Emagrecimento

Para perder peso com saúde, uma dica interessante é não cair em promessas de perca de gordura rápida, pois esse é um dos principais títulos de marketing de produtos que realmente podem emagrecem, mas que não emagrece de forma saudável, queimando não só a gordura mas também seus músculos. Consequência disso é o aumento de gordura rapidamente. Atualmente,  existem vários produtos que oferecem resultados rapidamente e são vendidos principalmente em comprimidos, como no caso do óleo de coco, que pode ser encontrado em comprimidos e oferece o mesmo resultado do óleo comum.

Produtos Naturais Emagrecer  - Óleo de Coco

O óleo de coco além de regular o intestino, também faz com que aja uma perca de gordura considerável, como o óleo tradicional é muito complicado de ser ingeridos, algumas empresas de manipulação de medicamentos oferecem o óleo de coco em capsulas. O chá verde também já recebeu um sinal positivo dos especialistas que afirmaram que realmente o chá verde pode oferecer resultado no combate da gordura, sendo também um método de emagrecer naturalmente, sem atrapalhar o desenvolvimento de seu organismo ou causar efeitos colaterais.

Dicas para emagrecer naturalmente

Nenhum produto é mágico, por isso emagrecer rápido não é a solução. Por isso procure emagrecer de forma gradual, para que seja um emagrecimento saudável e definitivo. Uma dica interessante é aliar os “fitoterápicos” a uma alimentação balanceada, para melhorar ainda mais a qualidade de sua dieta. Também é necessário fazer exercícios com frequência, para que o potencial de sua dieta seja ainda mais elevado.

Câncer de Mama

Dicas de como prevenir o câncer de mama e de cólo de útero

O câncer de mama é a maior causa de morte entre as brasileiras, seguido do câncer de cólo de útero. Estatísticas mostram que são cerca de 50.000 novos casos por ano de câncer de mama. Já o câncer de colo de útero, é responsável por 70.000 mortes durante o mesmo período. Ambas doenças podem ser vencidas com informação. Então, vamos a algumas delas?

Câncer de mama – o que é e como prevenir?

O câncer de mama afeta as mamas, como o próprio nome diz. As mamas são glândulas formadas por lóbulos que se dividem em pequenas estruturas chamadas lóbulos e ductos mamários.

Apesar de não ter uma causa única, podemos citar alguns fatores que contribuem para o aparecimento da doença. São eles: o envelhecimento, menarca precoce (primeira menstruação quando se é muito nova), menopausa tardia, nunca ter engravidado, ter filhos após os 30 anos e histórico familiar.

Além desses fatores, devemos considerar alguns outros que mais têm a ver com o estilo de vida os quais são chamados de “fatores modificáveis” que são excesso de peso e ingestão regular de álcool.

Independente desses fatores, o importante é que toda mulher faça periodicamente o autoexame e a mamografia. Este último porque é o único que consegue diagnosticar tumores menores que 1 cm. Com esse tamanho, se descoberto, há maiores chances de cura e por isso é tão importante a mamografia, pois nesse estágio o tumor ainda não pode ser sentido com o autoexame.

Câncer de mama

Vale lembrar que toda mulher tem direito a um Dia Rosa – o dia da sua mamografia – por ano. Uma iniciativa do governo assegurada pela lei 11.664 que garante o exame a todas as brasileiras. Basta se dirigir a qualquer posto de saúde e realizar sua mamografia anualmente.

Câncer de cólo de útero – o que é e como prevenir?

Assim como o câncer de mama, se descoberto em estágio inicial que são as lesões precursoras, há maiores chances de cura. O câncer de cólo de útero, no início, não apresenta sintomas muito importantes, daí a importância do Papanicolau. Quando a doença atinge o estágio de câncer já instalado, os sintomas são mais evidentes e incômodos como, por exemplo, dor e sangramento durante a relação sexual e corrimentos.

Câncer de cólo de útero

O vírus HPV, transmitido principalmente por relações sexuais sem preservativo, associado a outros fatores como tabagismo e imunidade baixa, é o responsável pelo desenvolvimento da doença.

Especialistas afirmam que o câncer de cólo de útero é bem demorado até que se instale, de fato. Leva em torno de 10 anos para que se configure o câncer de cólo de útero e, por esse motivo, diz-se que é um dos cânceres mais tratáveis, pois se a mulher que estiver em estágio inicial da doença fizer o exame de Papanicolau, com o tratamento contínuo, pode fazer com que o câncer nem seja instalado.

Para se prevenir desse tipo de câncer, o importante é usar sempre camisinha durante as relações sexuais e ir ao ginecologista pelo menos 1 vez por ano.

Aqui no Beleza do Dia tratamos sempre de maquiagem, moda e afins. Mas a gente não pode esquecer que a beleza vem de dentro para fora. Quando nosso corpo está saudável por dentro, essa beleza será refletida em nosso exterior. Sem dúvida alguma, a forma mais eficiente de cuidar da beleza é cuidar do nosso corpo.

Beijos e até a próxima 😉

5 Exercícios para acabar com a celulite

5 Exercícios para acabar com a celulite. É o que vai ajudar você a se livrar do problema ou, prevenir. Você já deve ter visto no artigo sobre as causas e cremes para celulite que o problema é ocasionado pelo aumento de tecido gorduroso no corpo. Sendo assim, todo e qualquer tipo de atividade física é bem vinda no tratamento e cuidados para acabar ou prevenir o incômodo. Confira então os 5 exercícios que vão fazer diferença nos cuidados e tratamentos do problema.

Exercícios para acabar com a celulite

1º – Agachamento

De pé, afaste as pernas e agache devagar contraindo os músculos da perna e do bumbum, até que seu joelho forme um ângulo de 90º. Volte a posição inicial relaxando os músculos e repetindo o mesmo movimento. Repita o processo 15 vezes em 3 séries.

Agachamento

2º – Abdominal isométrico

Deite de barriga para baixo e eleve seu corpo alinhando-o ao quadril. Contraia o abdome e mantenha-se nessa posição durante 1 minuto ou 30 segundos, se for iniciante.

abdominal

3º – Elevação pélvica

Deite de barriga para cima com as pernas flexionadas. Eleve seu quadril até o ponto máximo sem desencostar os pés do chão e, quando atingi-lo, contraia bastante o bumbum. Repita o processo 15 vezes em 3 séries.

Elevação Pélvica

4º – Abdominal com encolhimento de pernas

Deitada com as pernas flexionadas, eleve os joelhos em direção ao rosto desencostando a lombar do chão. Volte a posição inicial. Repita o processo 15 vezes em 3 séries.

Exercício para acabar com a celulite

Abdominais oblíquos
Ainda deitada com as pernas flexionadas, realize uma torção suave para esquerda tentando encostar o cotovelo direito no joelho esquerdo. Ao final de 3 séries de 10 repetições, inverta o lado e realize mais 3 séries de 10 repetições.

Exercício Abdominal

Para ajudar a vocês a se exercitarem com mais clareza, deixamos aqui embaixo dois vídeos que demonstram bem outros tipos de exercícios. Dá uma olhada 😉

Exercícios para acabar com a celulite – Parte 1

Exercícios para acabar com a celulite – Parte 2

Espero que eu tenha ajudado. E se você gostou, indique este artigo para as amigas… afinal, o que é bom, a gente tem é que espalhar, né?!

Mas e você, o que anda fazendo para se livrar da celulite? Conta aqui pra gente 😉

Beijos e até próxima.

cólica menstrual

Cólica Menstrual – O que Fazer

A cólica menstrual, cientificamente conhecida como dismenorreia, é muito comum nas mulheres nos períodos que antecedem a menstruação ou durante o período menstrual. Trata-se de uma dor pélvica causada pela contração do útero que faz liberar o endométrio – camada interna que serve para nutrir o embrião – quando o óvulo não é fecundado. Elas são classificadas em “primária” e “secundária”, sendo a primária causada pela substância que faz o útero contrair (prostaglandina) e, a secundária, ocasionada por complicações patológicas como tumores, miomas, endometriose entre outras.

A cólica primária é a mais comum e pode causar enjoos, diarreia, desmaios, dores de cabeça e etc. Dados estatísticos mostram que cerca de 70% das mulheres em idade reprodutiva sofrem desse desconforto ao menos uma vez na vida. No entanto, quem tem cólicas menstruais do tipo primária – a mais comum – pode lançar mão de algumas medidas que, segundo especialistas, podem aliviar significativamente o incômodo. Confira a seguir!

Dicas para aliviar a cólica menstrual

Cólica Menstrual

  1. Beba bastante água;
  2. Faça exercícios aeróbicos moderados;
  3. Faça uma compressa com água quente e posicione-a em seu abdômen;
  4. Beba um xá de camomila ou de menta quente.

Além das dicas acima, uma outra é conversar com seu ginecologista sobre a possibilidade de se ingerir um anticoncepcional, já que esse tipo de medicamento atrofia o endométrio – local onde é produzida a prostaglandina, que é a substância que faz o útero contrair, o que provoca a cólica menstrual.

Remédios que podem aliviar a cólica menstrual

4 Remédios para combater a Cólica Menstrual

Entre os medicamentos mais utilizados para aliviar o desconforto das cólicas menstruais estão o paracetamol que age especificamente sobre a dor.

Outro bem comum é o Atroveran que promete agir sobre as causas da cólica. Além desse, a Boehringer Ingelheim lança um novo medicamento para o tratamento da cólica. Trata-se do Buscofem apresentado em cápsulas de gel que, por ser líquido, proporciona uma ação mais rápida.

Consulte um ginecologista

É importante estabelecer um diagnóstico entre os dois tipos de cólica apresentados: primária e secundária. Isso ajudará a definir o melhor procedimento a ser feito, evitando que você retarde um tratamento mais específico, caso a sua situação requeira.

Vale lembrar que este artigo é de caráter informativo e não substitui uma consulta a um especialista.

Se este artigo te ajudou, indique-o a uma amiga!

E vocês, meninas… contem aqui pra gente o que fazem para aliviar a cólica menstrual?

Beijos e até a próxima.

Primeira Menstruação

Como Lidar com a Primeira Menstruação

Um dos momentos mais marcantes na vida de uma mulher é quando ocorre a primeira menstruação, pois marca a transição de uma fase. Na verdade, esse momento significa que aquela menina que até pouco tempo brincava de boneca, agora está virando uma “mocinha” e é nessa hora que os pais devem estar prontos para responder aos questionamentos que a menina pode vir a ter.

Vale orientar de todas as formas, até porque a primeira menstruação marca o início da fertilidade feminina e isso quer dizer que o corpo já está “pronto” para receber uma possível gestação. Sendo assim, conversar sobre sexualidade com sua filha é muito importante.

Com quantos anos ocorre a primeira menstruação

Hoje em dia, as meninas costumam menstruar entre 12 e 16 anos. Especialistas dizem que é necessário observar, pois se a menina menstruar antes dos 12 ou não menstruar até os 16 anos, é preciso consultar um ginecologista.

A primeira menstruação é chamada pelos especialistas de “menarca”. No início, é comum que haja algumas disfunções. Ou seja, é possível a menina menstruar duas vezes num mês ou menstruar num mês e no outro não. Na verdade, o ciclo apresenta regularidade quando a menina atinge os 18 anos, salvo algumas mulheres que apresentam ciclo irregular durante toda a vida.

Como agir após a Menarca

Mulher Tensa a primeira menstruação

Não é necessário ir ao ginecologista na primeira menstruação, apesar de ser interessante pelo fato de poder se esclarecer dúvidas que, geralmente, teria-se vergonha de perguntar aos pais. Ou seja, a ida ao ginecologista é necessária mesmo quando a menina inicia sua vida sexual, sendo necessária orientação médica e alguns exames como preventivo. Antes disso, se houver consulta ao especialista, que seja para esclarecimentos.

Ter uma boa alimentação e aliar isso a exercícios físicos, vale para qualquer pessoa. Para a menina que teve sua primeira menstruação é importante pelo fato de contribuir para o bom desenvolvimento de sua massa óssea que dura até os 35 anos. Sendo assim, exercitando-se pela manhã e ingerindo alimentos ricos em cálcio e proteínas, ela diminui as chances de ter no futuro osteoporose, por exemplo. Além disso, bons hábitos alimentares e exercícios físicos também ajudam aliviar a Tensão Pré-Menstrual – TPM, da qual muitas mulheres sofrem.

E por falar em TPM, se as cólicas, as dores de cabeça ou qualquer outro sintoma de TPM forem muito intensos, procure uma orientação médica.

Quanto ao anticoncepcional, ele é indicado após dois anos da primeira menstruação. Existem vários medicamentos no mercado adequados a cada tipo de pessoa, inclusive já fizemos um artigo sobre o uso de anticoncepcionais. De qualquer forma, como se trata de um medicamento, consulte um especialista, pois só ele poderá dizer qual o melhor para o seu caso.

Espero que tenham gostado e contem aqui pra gente o que acharam.

Beijos e até a próxima.

anticoncepcional

O segredo para tomar anticoncepcional

Olá, meninas! Hoje a gente vem trazer um assunto bem importante e que é motivo de dúvidas de muita gente. O anticoncepcional. Todas sabemos que é a maneira mais eficiente de se prevenir uma gravidez e também de tratar doenças como ovários policísticos. No entanto, por falta de esclarecimento, muitas mulheres têm feito uso desse medicamento inadequadamente o que pode acarretar uma gravidez indesejada e seríssimos problemas de saúde como a trombose, por exemplo.

Casos do tipo são muito comuns pelo fato de muitas mulheres não buscarem uma orientação médica antes de usar o anticoncepcional. Geralmente, começa-se usar a partir de uma indicação da amiga. É bom lembrar que isso é extremamente errado e muito perigoso, pois cada mulher reage de uma forma diferente ao medicamento. É por isso que tanto se recomenda a orientação médica, pois somente seu ginecologista, após uma avaliação, poderá indicar o melhor anticoncepcional para seu organismo.

anticoncepcional

Também vale lembrar que não há uma maneira correta de se utilizar um medicamento anticoncepcional. O que se indica é ler a bula e seguir as recomendações do fabricante. Geralmente, no caso das pílulas de baixa dosagem, a primeira cartela é utilizada a partir do primeiro dia de menstruação. Quando a cartela chega ao fim, dá-se uma pausa que é o período em que a menstruação deve descer. Quando a cartela é usada corretamente, a menstruação costuma descer entre o terceiro e quarto dia de pausa, mas isso pode variar dependendo da mulher. O fato, no entanto, é que a menstruação deve descer durante essa pausa. A segunda cartela e as seguintes, geralmente se inicia a partir do quinto dia de menstruação. Esse procedimento é feito na maioria dos casos, no entanto, seu médico pode orientar um consumo diferente, pois vai depender muito de como seu organismo reagirá e o tipo de anticoncepcional que vai usar.

Não se esqueça!

No caso de esquecimento, alguns fabricantes recomendam que seja tomada a pílula esquecida imediatamente antes de se completar 12 horas do esquecimento junto até com a pílula do dia. Já outros fabricantes recomendam que seja interrompida o consumo da cartela, dê-se a pausa para que a menstruação desça e se inicie uma nova cartela.

Para não haver problemas com esquecimentos, é bom que se consuma as pílulas associando o horário da ingestão diária com o de outras tarefas como antes ou após as refeições, ao acordar ou quando for dormir.

Bom, tudo isso são os procedimentos mais comuns. Mas, como você pode perceber, não há nada determinado quando o assunto é anticoncepcional. Aliás, quando o assunto é medicamento em geral, o melhor mesmo é sempre consultar um especialista, pois cada um reage de uma maneira. Afinal de contas, saúde é coisa séria.

Beijos e Até a próxima.

Alimentação Saudável – Dicas

Para curtir o verão de verdade e tudo o que a estação mais maravilhosa do ano oferece é preciso muita disposição. Bom, disso todo mundo sabe, só que o que você talvez não saiba é que o que vai te conferir mais disposição mesmo é uma alimentação saudável. O cuidado com o que se consome nessa época do ano deve ser redobrado, pois os perigos de contaminação são realmente maiores devido às altas temperaturas.

Para favorecer a digestão, não deixe faltar em seu cardápio frutas, verduras, legumes, peixe e frango. Nutrientes e fibras você vai encontrar nas leguminosas (grãos) e cereais, de preferência integrais.

Conheça algumas frutas que podem “enganar sua fome” por pelo menos 2 horas:

Morango – 12 unidades = 100 cal

Ameixa – 2 unidades = 80 cal

Pêra – 1 unidade = 70 cal

Goiaba – 1 unidade = 100 cal

Tangerina (Mexerica) – 2 unidades = 40 cal

Todas têm muita água e fibra solúvel, componentes capazes de reter o açúcar até chegar ao sangue que fazem com que você, vagarosamente, sinta menos fome. Diferente de outros alimentos que têm muito açúcar como a maçã. Mas é claro que você não precisa retirar essas frutas do seu cardápio, afinal de contas para atingir uma alimentação saudável é necessário vitaminas e minerais contidos nas outras frutas.

Outra dica também é sobre a salada que sempre deve ser servida antes da refeição. Quando isso é feito, ela prepara seu intestino para a refeição te dando uma sensação de saciedade cada vez maior.

Alimentos SaudáveisPrefira os queijos magros e leite desnatado. Alimentos industrializados, gordurosos, assim como as frituras também devem ser evitados ao máximo, pois dificultam o processo digestivo deixando aquela sensação de empanturramento.

Uma dica muito importante para uma alimentação saudável é conservar bem os alimentos leves, pois além de todas as suas funções, eles também diminuem os riscos de contaminações e infecções muito comuns nessa época do ano.

E por falar em conservação de alimentos…muito cuidado! O calor e a umidade favorecem a proliferação bacteriana. Por isso, mantenha seus alimentos refrigerados e retire do refrigerador apenas o que realmente for consumir. Evite também deixar alimentos preparados fora da geladeira.

Ovo, maionese e molhos são frequentemente expostos ao calor, por isso é bom evitá-los. Na praia, os cuidados são os mesmos: não consuma alimentos como camarões, sanduíches com maionese e queijos, pois ficam muito tempo em ambientes sem refrigeração.

No verão transpiramos mais e, evidentemente, precisamos repor o líquido que perdemos para que nosso corpo não sofra de desidratação. Sendo assim, abuse dos sucos, água de coco e, principalmente, abuse da água.

Bom, gostou das dicas? Então deixe seu comentário aqui pra gente.

Beijos e até a próxima.

Doenças Femininas

8 Doenças Femininas que toda Mulher deve conhecer

Conhecer para entender. Essa é a questão. Algumas doenças femininas nos abatem em determinadas épocas da nossas vidas e muitas vezes, esses transtornos nos pegam totalmente desavisadas. Então, para saber lidar com a situação e, o mais importante, prevenir-nos desses males, nada melhor do que a informação.

Por isso, preparamos um artigo que vai te esclarecer (claro que de forma resumida) algumas das principais doenças femininas e suas características.

Doença Feminina - Câncer de Mama

Endometriose – Tem a ver com o ciclo menstrual e atinge geralmente 10% das mulheres em idade fértil. Trata-se de uma doença silenciosa, por isso, fique atenta, pois é a principal causadora de infertilidade segundo a Organização Mundial de Saúde. Os principais sintomas de endometriose são: cólicas exageradas que apresentam resistência a medicamentos, dor na relação sexual, dificuldades para engravidar e alterações intestinais durante o período menstrual como diarréia.

Síndrome ovários policísticos (SOP) – Também pode causar infertilidade, além de causar desordem menstrual. Os principais sintomas são os atrasos ou até mesmo a ausência de menstruação, aparecimento de pelos no corpo, acne e obesidade.

Cólica menstrual ou Dismenorreia – Manifesta-se durante o período menstrual e muitas mulheres sofrem desse mal. As cólicas são tão intensas que chegam a um nível incapacitante, também provoca dores na relação sexual, causa dificuldade para engravidar e provoca alterações urinárias ou intestinais durante o ciclo menstrual. Em casos mais avançados, a dor ocorre fora do ciclo. Como podemos ver, os desconfortos são muito semelhantes aos sintomas da endometriose, por isso não deixe de consultar seu ginecologista, pois só ele poderá te dar um diagnóstico seguro.

Menopausa – Ao contrário do que muitos pensam a menopausa não é uma doença e sim, um estágio de vida . É quando os ovários cessam suas atividades e os hormônios não são produzidos na mesma quantidade de antes. Sua principal característica é a ausência de menstruação. Causa alterações no humor, suor noturno, ondas de calor, cansaço. Atinge geralmente mulheres com idade entre 45, 50 anos, podendo atingir mulheres de 40 sem que isso represente um problema. Uma dica importante nessa fase, é caprichar numa alimentação adequada, pois com o fim do período fértil, o organismo tende a ficar mais frágil e a alimentação servirá para suprir as necessidades do corpo.

Osteoporose – Apesar de não ser uma doença tipicamente feminina, atinge geralmente mulheres no período pós-menopausa em razão da ausência de hormônios femininos que faz com que os ossos percam o cálcio e fiquem porosos. O fumo, sedentarismo, baixo peso e ingestão inadequada de cálcio estão na lista dos fatores que contribuem para o surgimento da doença. Por isso, vale muito a pena uma visita ao nutricionista e exercícios físicos.

Câncer de colo do útero – Estima-se que esse tipo de câncer seja o terceiro mais comum na população feminina superado pelo câncer de pele e de mama. Pode ser prevenido com a realização anual do exame papanicolau que é uma forma de detecção da doença precocemente. Fique muito atenta, pois se trata de uma doença silenciosa. Em fases mais avançadas, provoca dor pélvica durante o sexo, sangramento fora dos períodos menstruais ou após a relação sexual.

Câncer de mama – Assim como o câncer de colo do útero, só leva a morte por falta de prevenção. Trata-se de uma doença tratável, pois além da mamografia, há também o autoexame que deve ser feito mensalmente a fim de identificar pequenos nódulos que é o alerta inicial. Dietas rigorosas e fatores genéticos podem causar a doença, sendo este último preponderante. Os principais sintomas são mudança de cor, enrugamento ou elevação da pele em uma área do seio, mudança no tamanho ou no formato, secreções no bico do seio, surgimento de um ou mais nódulos nas axilas.

Hipotireoidismo – Caracteriza-se pela diminuição na produção dos hormônios pela tireóide. Seus principais sintomas são cansaço, falta de apetite, cabelos ásperos com aspecto ressecados, unhas esbranquiçadas, depressão, pele ressecada, raciocínio lento. Já Hipertireoidismo caracteriza-se pelo contrário da anterior. É o funcionamento excessivo da tireóide que produz hormônios em quantidade exagerada e é mais comum entre mulheres de 20 a 40 anos. Seus principais sintomas são emagrecimento, nervosismo e taquicardia, insônia e fraqueza.

E agora, como se prevenir dessas doenças?

É mulheres… Muitas doenças que nos acontecem não podemos evitar, já outras, podemos prevenir, não é mesmo? Com um pouco de disciplina e consciência, podemos ter uma vida mais leve, saudável e sem preocupações como as que as doenças nos causam.

Por isso, tenha uma alimentação saudável, faça exercícios regularmente, tudo bem que fazer exames é chato, mas é necessário. Durma bem, e relaxe porque um brigadeiro aqui e outro ali não fazem mal a ninguém, mas cuidado com os exageros. Divirta-se, cuide-se, ame, sorria e viva.

É bom lembrar que a finalidade deste conteúdo é de informar apenas. Por esse motivo, o mesmo não é capaz de substituir uma consulta a um especialista.

Beijos e até a próxima.